Poli-USP disponibiliza acervo histórico digitalizado em seu site

Estarão disponíveis atas e arquivos da congregação da Escola de sua fundação em 1893 até a incorporação pela USP em 1934

A Escola Politécnica da USP irá lançar, na reunião da sua Congregação, no dia 17 de dezembro de 2015, um portal com parte de seu acervo histórico digitalizado. O projeto “Memória Documental da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo” foi proposto pelo professor da Poli, Jorge Pimentel Cintra, e recebeu apoio do edital “Memória USP”, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da universidade. “Eu já sabia da existência desses documentos que estão conservados na nossa biblioteca central, e considerei que nada melhor que um projeto para digitalizar e disponibilizar isso ao grande público”, explica o professor, que se formou em engenharia civil na Poli e se dedica à pesquisa sobre cartografia e sua história no Brasil, entre outras áreas.

O projeto se iniciou em 2012, e digitalizou mais de mil documentos, totalizando mais de 15 mil páginas, como as atas da congregação do momento da fundação, em 1893, à incorporação à USP, em 1934; o anuário da Escola, que é um resumo das atividades que ocorreram a cada ano; relatórios diversos, como ao governo do Estado de São Paulo a quem se prestava contas; e mais de cinco mil páginas da Revista Politécnica, que possui muitas informações históricas, entre outros documentos, como a descrição das disciplinas.

O Portal Memória da Poli ficará disponível no site da Poli, e poderá ser acessado e utilizado por pesquisadores e historiadores.

Fonte: Poli-USP